Author Archives: Paulo Canarim

Dúvida

Posted on: março 24th, 2020 by Paulo Canarim No Comments

Espera ​ Despertando a Consciência Read  Paz que parece longe? Espera trabalhando.  Tribulações à mostra? Permanece em serviço.  Provas Multiplicadas? Mais amor em ação.  Lutas e Desafios? Serve mais em silêncio.  Sobre golpes na pedra é que surge a obra prima.  Quem espera recebe. A resposta de Deus. Emmanuel -Mensagem psicografada por Francisco Cândido XavierNos últimos quatro, cinco anos, tenho me deparado, em meu trabalho, com pessoas cada […]

Amor como elemento X

Posted on: dezembro 17th, 2019 by Paulo Canarim No Comments

É preciso amar as pessoasComo se não houvesse amanhã Despertando a Consciência Read Por que se você parar pra pensarNa verdade não há…Compositores: RENATO RUSSO / DADO VILLA_LOBOS / MARCELO BONFAAcredite ou não, amor-próprio é a chave para cura de todos os nossos males. Temos inúmeros depoimentos sobre amar ao próximo e já vimos o […]

Quando eu me encontrar

Posted on: outubro 23rd, 2019 by Paulo Canarim No Comments

“Deixe-me irPreciso andar Despertando a Consciência Read Vou por aí a procurarRir pra não chorarSe alguém por mim perguntarDiga que eu só vou voltarDepois que me encontrar”- Mestre Cartola Entre tantas maneiras de se cumprimentar, a que considero mais generosa é a do mundo árabe, eles tocam o coração, a boca e a cabeça e pronunciam […]

O SIM é o descuido do NÃO

Posted on: Maio 16th, 2019 by Paulo Canarim No Comments

O título desse artigo compõe a letra da música “Sei lá a vida tem sempre razão” do CD de Vinicius de Moraes, faixa 16, que também dá nome ao disco. Não posso afirmar, mas suponho que o “Poetinha” não previa que a frase tivesse cunho didático ou educacional, principalmente em se tratando de criação de […]

A SUA CASA É SEU TEMPLO

Posted on: Maio 2nd, 2019 by Paulo Canarim No Comments

“Se eu quiser falar com DeusTenho que ficar a sósTenho que apagar a luzTenho que calar a vozTenho que encontrar a pazTenho que folgar os nósDos sapatos, da gravataDos desejos, dos receiosTenho que esquecer a dataTenho que perder a contaTenho que ter mãos vaziasTer a alma e o corpo nus”Gilberto Gil O autor desta canção assume […]